Natação para bebés: Conheça as aulas acompanhadas pelos pais!

Natação para bebés: Conheça as aulas acompanhadas pelos pais!

Natação para bebés, acompanhados pelos pais: Já ouviste falar destas aulas? Abordarei esta temática e falarei das interações do bebé com o acompanhante (mãe, pai ou alguém com bastante afinidade), bem como dos benefícios para ambas as partes.

Este artigo serve para demonstrar a importância das aulas para a criança (e não só). Como professora de natação com mais de 10 anos de experiência, gostaria de realçar alguns aspetos de extrema relevância: o propósito e o âmbito das aulas de natação para bebés, o desenvolvimento global da criança em vários domínios, o papel do professor e a importância da presença do pai/mãe na aula.

No final deste artigo, gostaria que refletisses, de forma consciente, sobre este tema.

 

Benefícios das aulas de natação para bebés e pais

 

Inicialmente, considero essencial desmistificar a terminologia das aulas de natação para bebés, dado que o professor não ensinará técnicas de nado. Ao invés, desenvolverá as capacidades motoras e psicossociais da criança. A adaptação ao meio aquático permitir-lhe-á sentir-se mais à vontade na água, diminuindo o risco de se afogar.

Se pensarmos num bebé, percebemos que tem várias fases de desenvolvimento motor (habilidades desenvolvidas e a desenvolver). Seis meses é a idade recomendada para os bebés se iniciarem nestas aulas de natação, que podem prolongar-se até aos dois a três anos.

É aconselhável obter o consentimento do pediatra e salvaguardar-se de que foi administrada a vacina tríplice.

Dentro de água, um bebé de seis meses tem maior capacidade de se mover do que fora desta. Assim, as aulas de natação para bebés servem para desenvolver habilidades motoras como gatinhar, caminhar, saltar e agarrar objetos.

As aulas permitem ainda potenciar a interação/conexão entre bebé e acompanhante e são um espaço exclusivo e único entre os dois elementos, havendo também a socialização com outros pais e bebés.

 

O que deve saber antes de frequentar as aulas

 

Um aspeto a ter em atenção é as condições da piscina. Verifique a qualidade da água e a climatização do ambiente e perceba se tem balneários preparados para os bebés e instalações especializadas para o seu acolhimento.

É ainda necessário que se cumpram outras exigências, tais como o estado de saúde da criança e a adaptação do acompanhante ao meio aquático. Caso este último requisito não se verifique, o professor terá que o educar e acalmar, para que o seu comportamento não influencie a dinâmica e aprendizagem nas aulas.

Este pormenor pode revelar-se um “pormaior”, dado que o acompanhante será o apoio físico e emocional do bebé, que sentirá os seus medos, receios, fobias e stresses.

Alguns aspetos psicológicos do acompanhante podem interferir com o bebé. A insegurança na descoberta de uma nova atividade, a imposição de estímulos e objetivos – por exemplo, que a criança aprenda a nadar mais rápido ou que seja a melhor de todas – e a confiança para a execução da atividade.

 

O papel do professor nas aulas de natação para bebés

 

É de salientar o duplo papel do professor, que será o dinamizador e o mediador das atividades, porque parte da população-alvo não se expressa verbalmente. Deverá propor atividades lúdicas divertidas, mas ao mesmo tempo motivadoras, desafiantes e que permitam o desenvolvimento integral da criança.

Para além deste papel (e outros já mencionados), o professor deverá questionar o acompanhante, para perceber o nível de desenvolvimento motor e aquático do bebé. Saber, por exemplo, se demonstra algum atraso no desenvolvimento global, como reage ao banho, se aceita de bom grado água na face, olhos, nariz e ouvidos.

Desta forma, o docente conseguirá potenciar o crescimento global e observar a heterogeneidade/homogeneidade da turma de bebés, adaptando as atividades quando necessário.

 

Inês Granja

Consultora IHTP Academia Desporto

 


Subscreva o nosso blog!

 


2 responses to “Natação para bebés: Conheça as aulas acompanhadas pelos pais!”

  1. Obrigado pela partilha…sempre aprender!

  2. Obrigado pela partilha Inês Granja!
    Fica já o conhecimento para o futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.