Escola: PNL ajuda alunos com dificuldades em aprender!

Escola: PNL ajuda alunos com dificuldades em aprender!

A escola em Portugal tem, até hoje, centrado o processo educativo naquilo que os alunos devem aprender. No entanto, não se tem preocupado tanto em perceber como conseguem aprender de forma eficaz.

Atualmente, é urgente a utilização de práticas de Programação Neurolinguística (PNL) nas nossas salas de aula. Tal permitiria, decerto, proporcionar melhores aprendizagens aos alunos.

Os nossos professores pressupõem que os estudantes sabem como aprender nas aulas, por isso, não precisam que lhes seja ensinado. Contudo, a verdade é que a maioria não sabe! Muitos são deixados à deriva para descobrir as estratégias de aprendizagem. Todavia, o que conseguem sozinhos é ineficiente e ineficaz e acaba por afetar drasticamente a sua motivação e interesse.

 

Uma aprendizagem mais eficaz com a ajuda da PNL

Com a utilização de ferramentas de PNL, é possível ao professor entender melhor o aluno. Assim, os estudantes conhecem uma nova forma de aprendizagem, que transforma o estudo numa tarefa mais agradável e frutífera.

Na sua passagem pela escola, é crucial que os docentes consigam descobrir a estratégia mais eficaz para ensinar cada aluno. Com efeito, é preciso ter em conta que todos eles têm estratégias mentais diferentes! Cabe, assim, ao professor ensinar os jovens, para que percebam, armazenem e retenham a informação de forma eficaz.

A escola é o local onde os estudantes devem ser ensinados a usar os seus recursos. Para além disso, é útil aos docentes saberem o que os motiva e que tipo de estímulos funciona melhor para os colocar nos seus estados mentais com mais recursos. Portanto, trata-se de um erro partir do princípio de que todos os alunos aprendem de igual maneira!

Da mesma forma, não se pode ignorar o sistema de crenças e valores de cada aluno. Muitos deles têm preconceitos relativamente à escola, aos professores, aos trabalhos de casa, bem como às suas capacidades e identidade enquanto estudantes.

Ao longo dos 13 anos da minha atividade educativa, cruzei-me com vários alunos de todos os ciclos de ensino. Muitos deles dizem para si próprios que são maus estudantes. No entanto, ao terem esta expectativa do fracasso, não lhes resta muito potencial para desencadear ações confiantes!

 

A escola não deve ser encarada como uma obrigação

Na minha experiência profissional, já encontrei de tudo! Alunos com dificuldades e muita vontade em aprender, mas igualmente alunos que estão em contexto escolar completamente obrigados! Tudo o que querem é jogar futebol, estar com os amigos, ver televisão e navegar nas redes sociais. Achavam, por exemplo, que História e Francês não servem para nada!

Ora, o ensino não deve ser um castigo! Para que haja mudança, a educação tem de deixar de ser unicamente orientada para as notas e médias. Não vejo preocupação alguma no caminho que cada criança e jovem faz para se tornar um adulto feliz e independente. Estamos a formar pessoas ou apenas estudantes? Onde está o ensino para a motivação e para que os alunos entendem o valor do conhecimento? Falta ainda uma educação que ajude os jovens a definir objetivos e sonhos e que os prepare para a liderança.

As técnicas da PNL e do Coaching são, sem dúvida, poderosas para dar resposta a estas questões. Podem ajudar a resolver problemas, tais como a ansiedade que acompanha a realização de testes, ou a reprogramar comportamentos. Além disso, podem ser úteis para lidar com traumas ou transformar crenças limitadoras em potenciadoras. Enfim, não existe nada que não possamos fazer para ajudar os nossos alunos!

 

Professores devem procurar novas ferramentas de ensino

É fundamental que os profissionais educativos olhem para alguns erros como oportunidades valiosas de aprendizagem. A docência é, sem dúvida, uma atividade solitária por excelência. Cada professor é obrigado a estar em constante adaptação em termos de conhecimentos, capacidades e competências. Além disso, deve também manter-se atualizado no que toca às ferramentas, técnicas e metodologias.

Nesse sentido, enquanto cidadãos, teremos de insistir na responsabilidade do Ministério da Educação para melhorar a forma como se ensina na escola. A meu ver, todas estas competências e capacidades deveriam estar integradas nos planos curriculares de formação de professores.

Até lá, é urgente que estes profissionais acedam a ferramentas que os apoiem no seu trabalho diário. Dessa forma, poderão verificar uma melhoria individual do seu desempenho, mas acima de tudo dos padrões de desempenho dos próprios alunos.

A missão dos professores e os resultados do seu trabalho adquirem, nos nossos dias, uma conotação de altíssimo valor estratégico. Assim é, quer para a sociedade em geral, quer para o próprio profissional. Nesse sentido, a aprendizagem de técnicas de PNL e Coaching por parte dos docentes é essencial para melhorar o seu desempenho em contexto educativo.

 

A IHTP ajuda-o a adquirir as competências de que precisa

A I Have The Power tem, na Academia de Educação, um grupo de consultores preparados para ajudar todos aqueles que se dedicam ao ensino. Aliás, estes profissionais trabalham diariamente para que os alunos aprendam na escola, desde o ensino básico, princípios de sucesso e métodos que melhorem o seu desempenho. O principal objetivo é dar às crianças, aos jovens e aos adultos ferramentas que lhes permitam mudar o mundo. Trata-se de uma forma de deixar um legado na vida de todos aqueles com quem se vão cruzando.

Esperamos, pois, poder contribuir para o desenvolvimento e melhoria das competências, atitudes e capacidades dos profissionais de Educação. Pretendemos que, através de uma aprendizagem eficaz, obtenham o máximo rendimento no seu trabalho. Isto permitir-lhes-á incutir aos alunos da escola uma maior capacidade de liderança!

 

É professor ou formador e quer ser bem-sucedido na sua missão? Conte com a nossa ajuda! Conheça a nossa oferta de cursos nas áreas de Programação Neurolinguística (PNL) e Coaching. Cresça connosco!

 

VER CURSOS DE PNL                          VER CURSOS DE COACHING

 

Marta Lino

Consultora e Coach IHTP Academia de Educação



Subscreva o nosso blog!

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.