Jardim de Infância: Qual a Importância na Vida das Crianças?

Jardim de Infância: Qual a Importância na Vida das Crianças?

O jardim de infância assume um papel fundamental no desenvolvimento saudável das crianças.
Vivemos numa sociedade em que o digital veio substituir o diálogo, o estar em família, as regras e a educação. É muito mais fácil dar um tablet a uma criança para que fique sossegada enquanto os pais almoçam/jantam descontraídos do que falar com ela, dar atenção às suas necessidades afetivas, mesmo que isso se reflita em birras e choro. Claro que há exceções, e ainda bem, mas temo que este comportamento se esteja a alastrar pelas casas de muitas famílias.

A educação de uma criança exige tempo, atenção e paciência. Só assim esta poderá interiorizar as regras e valores, crescer em harmonia e tornar-se um adulto mais feliz. Aqui entra o papel do educador(a) e do jardim de infância.

Hoje em dia, com a “falta de tempo” e disponibilidade das famílias para estar com as crianças, a escola colmata algumas lacunas que possam existir. As crianças devem frequentar o jardim de infância, visto ser uma mais-valia para o seu desenvolvimento cognitivo, social, físico e emocional.

Educador há já alguns anos e com uma vasta experiência em educação, posso afirmar com convicção que é extremamente importante que as crianças estejam com outras crianças. É através da socialização e das brincadeiras em grupo que vão ficando confiantes e capazes de partilhar e conviver em sociedade. Assim, tornam-se rapidamente mais independentes e capazes de lidar com a frustração quando algo não corre da maneira planeada.

 

Jardim de infância: Onde as crianças aprendem brincando!

O recreio e as brincadeiras inerentes a este momento têm de existir. Sempre que o tempo o permita, as crianças devem dar uma corrida no exterior para libertarem a energia que possuem e, assim, voltarem à sala com outro ânimo. Com as imensas atividades que as crianças frequentam, tem de existir tempo para a brincadeira informal, desprendida de qualquer objetivo ou regra: apenas brincar pelo prazer.

A par do recreio, o faz de conta e o recriar os diferentes papéis dos adultos é de extrema importância para os mais novos. Não podemos recusar o direito que as crianças têm de brincar e de serem felizes. O papel do educador(a) e do jardim de infância é proporcionar experiências em que os alunos aprendam brincando e interiorizem os diferentes conceitos/conteúdos que vão sendo apreendidos.

Como educador, sinto-me feliz porque, ao longo dos últimos anos, vou-me apercebendo que os pais valorizam cada vez mais o jardim de infância. Encaram-no como importante para um bom desenvolvimento dos seus filhos.

 

E você que opinião tem sobre esta fase da vida das crianças?

Deixe-me partilhar consigo uma sugestão: Ao invés de exigir que os seus filhos saibam escrever o nome corretamente ou identificar os números até 10 e de lhes questionar quais os trabalhos que fizeram na escolinha, pergunte algo mais simples, como: “Então filho/a, em que cantinho brincaste hoje?”.

 

Nelson Ramos

Consultor IHTP Academia de Educação

 

2 responses to “Jardim de Infância: Qual a Importância na Vida das Crianças?”

  1. Obrigado pelo excelente artigo Nelson!

  2. Maria Otília diz:

    Gostei

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *