Liderar uma Equipa com Genuinidade e Transparência!

Liderar uma Equipa com Genuinidade e Transparência!

Liderar uma equipa de forma eficaz e bem-sucedida depende essencialmente das nossas atitudes e decisões, sejam estas individuais ou com ligação direta aos que nos rodeiam.

Há algum tempo atrás, pessoas à minha volta comentaram as faltas cometidas pelos seus colegas de trabalho, incluindo as chefias. Ao refletir sobre o assunto, tornou-se nítido para mim que as pessoas alvo das críticas não eram genuínas nem transparentes.

Há quem defenda que não se deve dizer tudo aos colaboradores, pois, quando estes vivem num clima de incerteza e inquietude, são mais cooperativos com a chefia, devido à insegurança instalada. Contudo, a maioria das pessoas sente precisamente o contrário e este tipo de liderança acaba por não perdurar no tempo.

A Atitude GT – Genuinidade e Transparência, quando praticada por um líder ou por qualquer profissional nas mais diversas áreas, transmite certeza e confiança. Liderar uma equipa deve, portanto, reger-se por estes dois atributos. Vejamos um exemplo prático que prova isso mesmo.

 

Liderar uma equipa com sucesso ou procurar protagonismo?

Recentemente, uma profissional de ensino descobriu, através das redes sociais, que decorreria na sua escola uma atividade da qual não tinha conhecimento. Esta, porém, dizia respeito à sua área técnica, que partilhava com mais um responsável.

O que aconteceu foi que o colega de departamento não optou por uma atitude de transparência de intenções e colaboração. Assim sendo, não a informou da atividade que deveriam preparar conjuntamente. Pretendia ter o protagonismo na organização do evento e estar em vantagem na preparação dos seus alunos.

Escusado será dizer que este professor é pouco respeitado. Com este comportamento, colocou ainda mais em cheque a confiança perante colegas e alunos que estão atentos às suas atitudes.

Ser genuíno, entre outras características, é ser natural, justo e sincero e estar alinhado com os seus valores. Ser transparente consiste em comunicar estes mesmos valores nas palavras e na conduta diária. Ao liderar uma equipa, genuinidade e transparência são fundamentais.

 

A importância da tomada de decisão para liderar uma equipa

O verdadeiro poder da expressão Atitude GT reside na tomada de decisão: primeiramente, na congruência e, em segundo lugar, na velocidade com que se decide. No processo de decisão, são sempre tidos em consideração os valores de quem a toma, pois são estas as regras do jogo. Além disso, quanto mais nítida for a hierarquia de valores, mais rápida será a deliberação.

No nosso caso prático, podemos verificar que a pessoa que decidiu não avisar a colega sobre a atividade e quis assumir o protagonismo valoriza mais o poder do que a transparência e a honestidade.

Um desafio interessante será estarmos atentos às tomadas de decisão das pessoas à nossa volta. Assim, poderemos perceber que valores estas privilegiam. Além disso, deveremos também analisar as nossas próprias decisões. Perceberemos, então, se estamos a ter uma Atitude GT e quais os verdadeiros valores que pomos em cima da mesa no momento da deliberação.

 

Quer liderar uma equipa com sucesso? Gostaria de aprender novas técnicas para melhorar a sua performance? Descarregue o nosso ebook Aprenda a Ser um Líder de Sucesso e obtenha dicas que lhe permitirão melhorar a liderança.

 

Edgardo Lopes

Consultor IHTP Academia Liderança

 

Aprenda a Ser um Líder de Sucesso!

 


Subscreva o nosso blog!

 


One response to “Liderar uma Equipa com Genuinidade e Transparência!”

  1. Excelente artigo!
    Muito obrigado pela partilha Edgardo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *