O poder da imagem

O poder da imagem

A imagem é uma representação de algo ou alguém, uma projeção mental de alguma coisa ou noutra teoria a representação mental de um objeto.

 A imagem representa, projeta, transmite mensagens e emoções, é uma forma de comunicação com o Mundo.

 Ao olharmos com cuidado para a natureza percebemos que as cores e as formas não foram deixadas ao acaso e transmitem mensagens, conscientes ou inconscientes a quem as vê, sejam eles humanos ou não, transmitem: tranquilidade, perigo, comestível, venenoso, segurança, insegurança, guerra, paz, amor, paixão e tantas outras.

 Olhemos como exemplo para as aves, as cores das plumagens, as suas formas e o modo como as usam, para atrair, camuflar, repelir, emitir avisos etc… conseguimos rapidamente perceber a sua importância. Pense, por exemplo, nos rituais de acasalamento de alguma espécie e perceba como o macho se exibe para a fêmea através de danças e cantes, mas também e sobretudo através da exibição das suas belas plumagens. Percebemos também como uns “indivíduos” / aves têm mais sucesso/sorte, e como tal deriva um “fecho/venda” devido à beleza e esplendor das suas belas penas. Tudo isto nos mostra um ensinamento da mãe natureza contrariando algumas teorias, a imagem é importante, sim. 

A forma como nos mostramos ao Mundo e aos pares, transmite mensagens, conscientes ou inconscientes que condicionam o nosso insucesso ou sucesso.

As cores que escolhemos, a forma como nos apresentamos, as texturas dos tecidos, as formas de design e os padrões emitem mensagens inconscientes a quem nos observa, criando na mente dessas pessoas imagens mentais de quem somos ou representamos, o nosso sucesso e profissionalismo, a nossa credibilidade ou descrença. Estudos apontam que em 30 segundos criamos uma imagem mental de quem temos à nossa frente, emitindo juízos de valor em relação a essa pessoa, correspondam eles à verdade ou não. No entanto, produzem em nós reações e sentimentos em relação a quem temos à nossa frente. É claro que o contrário também acontece, ou seja, o nosso interlocutor também cria essa imagem mental em relação a nós, levando a juízos de valor, que pretendemos que abonem a nosso favor, daí a importância de cuidar da nossa imagem.

Quando conhece um gerente bancário despenteado, pele ressequida e maltratada, mãos encardidas e unhas roídas, fato amarrotado, demasiado grande para o seu biótipo, camisa que um dia foi branca e gravata a sair muito abaixo do cinto, um andar arrastado e corcunda, quando chega até si mal o olha nos olhos e estende-lhe a mão num aperto de mão frouxo. O que pensa? Na primeira impressão confia nesta pessoa para gerir as suas aplicações financeiras? Acredita que é um profissional de sucesso? Competente?

Pensemos noutro cenário:

Entra num banco e o gerente dirige-se a si, fitando-o nos olhos, com um sorriso nos lábios, caminha em passos firmes e uma postura reta saúda-o com um aperto de mão firme. Veste um fato impecável que assenta no seu biótipo na perfeição, a camisa impecavelmente branca e um nó de gravata perfeito. Que pensa? Que imagem lhe sugere? Sucesso ou fracasso? Confiável? Profissional? Credível?

Independentemente de o juízo de valor que criamos pela aparência, ser ou não verdadeiro, corresponder ou não ao real caráter dessa pessoa, a realidade é que temos uma maior predisposição para confiar, contratar, acreditar, fechar negócio, com pessoas, empresas ou marcas que nos apresentam uma boa imagem.  

É cada vez mais importante cuidar da construção da nossa imagem pessoal.

A nossa imagem e o nosso vestuário dão indicações aos nossos interlocutores de quem somos e o que representamos, existimos através da visão que o outro tem de nós, é na verdade a nossa primeira forma de comunicarmos antes mesmo da primeira palavra, cuidar da nossa imagem significa selecionar adequadamente a mensagem não verbal a transmitir. 

Conhecer quem somos, quais as nossas características, o que transmitimos, (resultados / feedback recebido), o que queremos transmitir (objetivos a alcançar), a nossa personalidade, gosto pessoal, biótipo (forma do corpo), cores que mais nos favorecem e realçam a nossa beleza, tudo isto é tido em conta durante um processo de consultoria de imagem, ajudando a construção da imagem de marca ou cartão de visita visual e vestimentar que entregamos aos nossos interlocutores, gerando em nós uma maior segurança nas relações com os outros, maior assertividade, auto confiança, auto estima,  potenciando uma projeção de uma imagem inteligente rumo aos objetivos pessoais e ou profissionais.

Cuidar da sua imagem é importante acima de tudo por si e para si. O poder da imagem abre-lhe as portas do bem estar, da felicidade e do sucesso. Comece hoje mesmo a cuidar de si e a valorizar-se cuidando da sua imagem!

 

Anabela Trindade

IHTP Wellness Academy Manager

Conheça aqui a nossa oferta nesta área

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *