Liderança: evite 3 erros comuns, seja um verdadeiro líder!

Liderança: evite 3 erros comuns, seja um verdadeiro líder!

A liderança é um processo contínuo de aperfeiçoamento, passível de erros e aprendizagens. O segredo está na capacidade humilde de querer evoluir. Todos os líderes querem atingir objetivos, ter uma equipa feliz e motivada, sem conflitos entre os seus membros e com prazer em superar metas e objetivos. No final querem ser reconhecidos pelo seu desempenho e pela sua dedicação em ajudar a sua equipa e todos os membros a melhorar e a atingir resultados. Contudo, muitas vezes a sua liderança é colocada em causa por erros que não são retificados e ultrapassados. Antes são contínuos e cada repetição enfraquece ainda mais a liderança existente.

Elencamos hoje 3 erros comuns que acreditamos que podem ser evitados ou, se identificados, eliminados. Siga estes conselhos e melhore a sua capacidade de liderança!

 

1. Não ter objetivos claros

Uma das competências que deve ter quem lidera uma equipa é a capacidade de projetar uma visão e motivar as pessoas para ela e ter objetivos claros e partilhados com a sua equipa.
Se a equipa não souber para onde vai o líder e se este não souber partilhar os objetivos com eles, a liderança fica fragilizada.
Não ter uma visão perfeitamente clara e definida do que quer comunicar à equipa, motivando as pessoas para essa ideia bem como não ter objetivos claros que permitam envolvê-los é um dos erros mais comuns dos líderes inseguros.

O resultado: uma liderança fraca, frágil e insegura, que não transmite confiança e que não motiva.

 

2. Não liderar pelo exemplo

Outro erro cometido por alguns líderes é não liderar pelo exemplo. Dizer uma coisa e fazer outra, exprimir ideias e contradizê-las nos atos.
Por exemplo, dizer que se deve ser pontual e chegar permanentemente atrasado a compromissos com a equipa. Péssimo exemplo, má estratégia.

Outra má prática, atender uma chamada no meio de uma reunião com um cliente. É desaconselhado mas é uma prática comum de alguns líderes e que pode ter repercussões de cópia no comportamento na equipa.
Não devolver as chamadas telefónicas que não foram atendidas aos elementos da sua equipa e exigir que a equipa tenha um comportamento contrário.

São apenas alguns exemplos de uma estratégia de um líder que não lidera pelo exemplo. Não cremos ser boas práticas já que conduzem à sua descredibilização enquanto líder, retirando confiança e força na sua liderança.

 

3. Ser injusto e incongruente

Não reconhecer sempre o mérito e os resultados ou premiar todos da mesma forma, independentemente de terem atingido ou não os objetivos propostos, são dois exemplos claros de injustiça e incoerência. Acreditamos que esta não é a melhor forma de alinhar e motivar a equipa.

Sobre a incongruência, o exemplo que podermos dar é a de um líder que o que pensa não está alinhado nem com o que diz nem com o que faz. Líderes incongruentes fazem coisas que são muito diferentes do que disseram que iam fazer e do que comunicaram à equipa.
Muitas vezes isso pode-se refletir até num prejuízo pessoal temporário do líder. Ter congruência é um dos valores que mais influencia e motiva uma equipa a segui-lo porque sabe com o que pode contar.

Um último exemplo. No início deste ano, soubemos de uma situação de grande insatisfação com a liderança numa empresa. Foram definidos objetivos para os seus clientes, para o novo ano, sem sequer consultar os vendedores e responsáveis pelo acompanhamento dos clientes. Como quer a liderança ter uma equipa de vendas alinhada e motivada? Definir objetivos mensais, trimestrais ou anuais, iguais para todos, sem envolver a equipa, é injusto. Automaticamente, faz com que as pessoas os associem a imposição. Como sentem os objetivos como obrigação, não os agarram nem assumem como seus.

 

Não cometa estes erros de liderança tão comuns. Esforce-se por ser cada vez melhor. Queira, com naturalidade, motivar a sua equipa, empenhe-se com franqueza, tenha brio no que faz. Não diga o que não faz, não transmita aquilo em que não acredita. Fale com verdade, faça um esforço para ouvir os seus, ajude a sua equipa a crescer e progredir.

 


Subscreva o nosso blog!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *