Motivação para estudar: Ajude o seu filho a gostar de aprender

Motivação para estudar: Ajude o seu filho a gostar de aprender

Numa altura da nossa vida em que passamos mais tempo com os filhos, podemos ajudá-los a gostar de aprender, trabalhando a sua motivação para estudar. Devido à crise da Covid-19 passamos mais tempo em casa com eles, inclusive, com os mais novos em telescola. Portanto, devemos aproveitar esses momentos para os estimular, mesmo que não gostem particularmente de estudar.

A pensar em si, vou partilhar 6 estratégias, muito simples e práticas, para começar a implementar em sua casa hoje mesmo.

 

6 Estratégias para trabalhar a motivação para estudar nos seus filhos

 

1. Liderar pelo exemplo

Para aumentar a motivação dos seus filhos para estudar, é importante mostrar-lhes que também você gosta de aprender. Seja pelo livro que está a ler, pelo vídeo a que está a assistir ou pelo curso em que está a participar.

 

2. Ensinar a gostar de aprender através de atividades familiares

Passar tempo de qualidade com os seus filhos não vai apenas reforçar os laços de amor e amizade. Vai também contribuir para conhecer as suas necessidades, gostos e sonhos. Isto vai possibilitar que possa proporcionar-lhes oportunidades de aprendizagem para alcançarem o que desejam.

Um ponto importante: tempo de qualidade significa tempo em que está com eles sem qualquer fonte de distração.

 

3. Criar momentos positivos

Fomentar a motivação para estudar pode ser feito pela criação de momentos positivos através de diferentes aspetos. Desde logo, é importante (se possível) ter em casa um local de estudo bonito, organizado e confortável. Desta forma os mais novos podem associá-lo a um ambiente agradável.

Depois, quando surgirem oportunidades para os seus filhos aprenderem, torne esses momentos positivos. Deve, por exemplo, elogiar o esforço e o empenho que tiveram em ler o livro até ao fim. Pode surpreendê-los com um passeio ao parque pelo facto de terem estado atentos ao que o avô lhes ensinava.

Como já deve ter reparado, o que se pretende é a valorização da atitude de gostar de aprender, o que vai ajudar a desenvolver a motivação para estudar.

 

4. Estimular a curiosidade

Quando os seus filhos precisarem de ajuda com algo que não saibam evite dar imediatamente a resposta. Mesmo que a saiba, pergunte como ou onde podem descobrir informação sobre esse assunto.

Ajude os seus filhos a comprometerem-se com um conjunto de tarefas que lhes permita obter respostas às suas dúvidas. Quando as alcançarem, festeje com eles! Reconheça a curiosidade, atitude e motivação para estudar que os ajudou a descobrir algo novo. Vai estar a incentivá-los a gostar de aprender coisas novas.

 

5. Acreditar que conseguem aprender tudo

Por vezes, sou mal-interpretado quando digo que os nossos filhos podem aprender tudo o que quiserem. Contudo, conheço pais que me dizem que duvidam das capacidades dos filhos para alcançar determinado nível de desempenho.

Para mim, o mais importante não é se vão conseguir ou não. O fundamental é que os pais acreditem que os filhos conseguem. Aliás, isto vai permitir atingir um patamar de desempenho muito superior, mesmo que não se alcancem todos os objetivos.

E como é que sei isto? É simples! O esforço colocado por alguém para alcançar uma classificação de 15 valores nunca será o mesmo de quem acha que apenas consegue ter 10 valores.

 

6. Aprender a gostar do que não se gosta

Por vezes, a motivação para estudar dos nossos filhos é prejudicada pelas temáticas das quais não gostam tanto. Colocar esforço e empenho em algo que não se aprecia é mais exigente quando queremos levar os jovens a gostar de aprender.

Neste ponto, gostaria de partilhar duas dicas:

 

  • É no futuro que está a solução

Quando sabemos o que os nossos filhos querem fazer no futuro, é mais fácil incentivá-los a aprender sobre temáticas das quais não gostam muito. Imagine que, por exemplo, o seu filho detesta a disciplina de Inglês, mas tem como sonho ser jogador de futebol. Talvez se lhe perguntar como irá falar numa conferência de imprensa em Inglaterra, ele possa refletir sobre a importância dessa disciplina. Vai estar a dar-lhe uma maior motivação para estudar.

 

  • Motivação para estudar com a associação a algo divertido

Numa das minhas sessões de Coaching uma jovem ensinou-me uma estratégia fantástica para estudar algo de que não gostasse tanto. Ela associava essa matéria a algo de que gostava muito.

Por exemplo, pense no seu filho que não gosta muito de História e tem de estudar os Reis de Portugal. Procure associar essa matéria a algo que ele goste muito, como o futebol. Pode construir uma equipa formada por Reis de Portugal, onde cada um tem as suas habilidades e formas de “jogar”. Isto vai ajudá-lo a gostar de aprender.

 

Reflita sobre estas estratégias para levar o seu filho a gostar de aprender, pense como pode aplicá-las em casa e, acima de tudo, experimente! Se ainda assim não se sentir confiante ou preparado para a (nem sempre fácil) missão da parentalidade, visite a IHTP! Na nossa loja, disponibilizamos cursos, audiobooks, livros e outros produtos destinados aos pais e aos estudantes!

 

Visitar IHTP

 

Nelson Ramos
Consultor & Coach IHTP
Manager Academia Educação

 

One response to “Motivação para estudar: Ajude o seu filho a gostar de aprender”

  1. Parabéns Nelson pelo excelente artigo 👌

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *