Alimentação Saudável e o Mito da Comida Sem Sabor!

Alimentação Saudável e o Mito da Comida Sem Sabor!

Alimentação saudável é um tema que gera bastantes dúvidas e com imensos mitos associados. Um deles relaciona-se com a comida que se generaliza como algo sem sabor, sem tempero, sem diversidade, à base de cozidos, grelhados e saladas.

Sempre que o tema alimentação saudável aflora numa conversa, é quase inevitável o surgimento da típica questão: “Mas tu não te cansas de comer comida sem sabor?”. De facto, a alimentação saudável parece habitar o subconsciente de várias pessoas associada à prática de dietas extremistas e aos básicos da alimentação de hospital: comida sem sabor e que apenas se come quando não existem outras opções. Muitos devem já ter escutado, variadas vezes, amigos e conhecidos referirem “Eu até podia ser saudável, mas não consigo comer só salada e legumes cozidos. É aborrecido.”. A novidade que apresentamos é a seguinte: uma alimentação saudável não é sinónimo de restrições extremistas ou pratos que nos fazem lembrar a última visita ao hospital. Pelo contrário, uma alimentação saudável pode ser extremamente rica em sabores, texturas e cores. Uma verdadeira convocação de todos os nossos sentidos, desde o visual ao gustativo.

Apesar da possibilidade de mantermos uma alimentação saudável aliada a momentos de grande prazer gustativo, a verdade é que a alimentação não deverá ser única e exclusivamente um momento de prazer. A importância da restituição dos nutrientes essenciais ao funcionamento do organismo deve estar presente na nossa mente, sempre que nos sentamos para degustar uma refeição.

 

Como controlar a vontade de comer açúcar, fritos e junk food?

Uma questão incontornável, quando este tema é tocado, é a ânsia pela tão conhecida junk food, os doces e as bebidas alcoólicas. Os seguidores de uma alimentação cuidada e saudável são frequentemente confrontados com perguntas tais como: “Tu não comes batatas-fritas, nem pizzas, nem bolos? Ok, é uma opção, mas certamente tens muita vontade de comer. Correto? É impossível não gostar de gelados, hambúrgueres ou francesinhas.” O ser humano é um ser de hábitos e adaptação. Deste modo, e como em várias outras vertentes, também na alimentação o nosso corpo se adapta. Se constantemente ingerirmos sabores fortes, fritos, alimentos muito processados e com doses industriais de açúcares e sal, o nosso corpo vai desenvolver um anseio por esse tipo de alimentos.

O segredo passa por combinar os ingredientes saudáveis seguindo algumas dicas que vão surpreender até mesmo os paladares mais exigentes e habituados a alimentos menos saudáveis. Não é pretendido passar uma informação pouco esclarecedora, e como tal, é necessário que tenhamos claro que não será um processo de desabituação muito fácil numa primeira fase. Contudo, neste como em todos os processos de alto desempenho e excelência, em qualquer área da nossa vida, é necessária uma dose de resiliência e espírito de sacrifício. A lógica simples é “Que seu remédio seja seu alimento e que seu alimento seja seu remédio”, Hipócrates. Quanto mais natural comer, mais natural fica a ausência de vontade de comer comida processada, carregada de aditivos, açúcar, gorduras da pior espécie e sal.

 

4 Sugestões para dar sabor e alma à sua comida

Apresentamos 4 dicas simples que intensificam o sabor dos seus pratos saudáveis.

 

1. Use ervas aromáticas frescas ou secas

A adição de ervas frescas aos seus pratos saudáveis irá melhorar o seu aspeto e decoração, através do brilho e cor, mas também aumentará o consumo de nutrientes essenciais e manterá o sal afastado do seu prato. Para além disso, as ervas secas são também uma opção. Apesar de não introduzirem tanta cor, irão melhorar o sabor e intensificar o valor nutritivo. Algumas das ervas recomendadas são manjericão, salsa, coentros, estragão, louro, orégãos, tomilho,

2. Abuse de especiarias

Tais como o açafrão, canela, gengibre, cominhos, caril, alecrim, cravinho, malagueta, mostarda, entre outras. Além de excelentes auxiliares na preparação das suas refeições, potenciam ainda a absorção de certos nutrientes de outros alimentos.

3. Tempere com vinagre de maçã biológico, sem aditivos e sucos cítricos

Adicione na finalização do prato. O vinagre e o sumo de limão ou lima, por exemplo, funcionam muito bem em saladas, legumes e frutas.

4. Cozinhe com alho e cebola

Use bastante alho e cebola para o tempero. Para além de saborosos, são também ricos em nutrientes que potenciam a sua saúde e bem-estar.

 

4 Substituições saudáveis e saborosas

Para uma alimentação saudável podemos ainda optar por realizar determinadas substituições que sendo saudáveis são também muito saborosas.

  1. Ao invés de gorduras trans saturadas, prefira as gorduras saudáveis provenientes de alimentos como abacate, azeite de oliva, frutos secos, óleo de coco e salmão.
  2. Troque o chocolate tradicional, com percentagens elevadas de açúcar, pelo cacau cru.
  3. Como substituto do açúcar refinado, pode optar pelo açúcar de coco ou mel. Além disso, pode remover a adição de açúcar e optar por adicionar uma fruta, tal como a banana ou a maçã, que são excelentes opções para, por exemplo, adoçar os seus bolos caseiros.
  4. Substitua todos os sumos por águas aromatizadas caseiras. Vai aumentar os seus níveis de hidratação e o seu organismo vai funcionar de forma mais equilibrada, pois vai conseguir eliminar as toxinas acumuladas. Partilhamos algumas sugestões de águas aromatizadas para se deliciar durante o dia: água com tomilho, limão e gengibre; água de mirtilos; água de morangos; água de laranja; água de framboesas; entre muitas outras opções.

 

Estas são apenas algumas dicas para intensificar o sabor de pratos saudáveis. Uma alimentação saudável e saborosa não é uma utopia. É possível reinventarmos a nossa cozinha e facilitarmos o funcionamento natural e equilibrado do nosso organismo. Tudo depende da imaginação em reutilizar certos alimentos e dar novos papéis de destaque a alimentos tradicionais que, por vezes, são esquecidos.

 

Acabe com o mito da alimentação saudável, composta por pratos aborrecidos e sem sabor. Uma alimentação equilibrada, rica em nutrientes e completa pode ser divertida, aventureira e, sobretudo, muito saborosa.

 

Vanessa Silva

Consultora IHTP Academia de Saúde e Bem Estar

 


Subscreva o nosso blog!

 


One response to “Alimentação Saudável e o Mito da Comida Sem Sabor!”

  1. Excelente artigo e excelentes sugestões Vanessa!
    Muito obrigado por todas as partilhas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.