Alimentos: combinações saudáveis versus combinações erradas!

Alimentos: combinações saudáveis versus combinações erradas!

Alimentos saudáveis e combinações equilibradas são assuntos na ordem do dia mas nem por isso fáceis de dominar. Muito se fala de combinações saudáveis mas será que é assim tão fácil perceber claramente quais são as melhores combinações de alimentos?

Acreditamos que muitas pessoas sentem dificuldade em conjugar os alimentos da melhor forma e que, muitas das vezes, fazem combinações que acham adequadas quando na verdade são totalmente erradas. Pretendem ter uma alimentação saudável e equilibrada mas não têm refeições equilibradas e ajustadas.

Queremos que seja fácil e rápido para qualquer pessoa perceber quais as combinações de alimentos mais saudáveis e quais as prejudiciais. Para isso, vamos ensinar um truque simples, infalível ao erro e dar alguns exemplos de boas e más combinações. Vamos a isso?

 

# Truque para combinações saudáveis

Combine alimentos que sejam iguais, com as mesmas características. Os alimentos iguais unem-se, os alimentos diferentes separam-se e, muitas vezes, são processados, digeridos e assimilados em tempos diferentes e locais diferentes. Esta questão, que pode parecer um simples pormenor, causa algum mal-estar e indisposição a muitos de nós. Quem já teve digestões difíceis? E azia ou flatulência?  Pode ser sinal de uma má combinação de alimentos!

 

# Combinações erradas: evite-as a todo o custo

As combinações erradas têm a ver, sobretudo, com as diferenças. Alimentos diferentes são processados num tempo díspar e num meio diferente.

  • Fruta e Carne: uma união desajustada

Quantas vezes acompanhamos carne ou peixe com fruta ou molho de fruta? Este é um exemplo de uma combinação completamente errada. A fruta demora cerca de 30 a 60 min a ser digerida. Por sua vez, a carne ou o peixe precisam de cerca de 3 a 4 horas. Já imaginou o que acontece? A fruta entra em processo de putrefação e fermentação, o que provoca gases e inchaço. A fruta foi concebida para passar rapidamente pelo estômago e ser digerida no intestino e aí libertar os seus nutrientes.

Como é suposto combinar a fruta então? A melhor combinação de fruta é: fruta com fruta.

A fruta deve ser sempre comida sozinha, com o estômago vazio, e combinada com peças com as mesmas características. Por exemplo: fruta doce com fruta doce, fruta ácida com peças ácidas, fruta semi ácida com fruta semi ácida. Melão, melancia e meloas não devem ser misturadas com outras frutas.

  • Proteína e Amiláceos: super comum, super errado.

Este é sem dúvida um dos nossos erros mais típicos. Vamos lá explicar o porquê de não ser uma combinação saudável.

Os hidratos de carbono – amiláceos (batatas, massas, arroz, pão etc..) são digeridos em meio alcalino e a proteína em meio ácido. Ora todos nós sabemos que alcalino e ácido se neutralizam. A digestão torna-se lenta e dá origem a fermentação e decomposição. Teremos como resultado gases e desordens digestivas. Para além disso, esta combinação rouba-nos energia o que pode originar doenças.

 

# Combinações saudáveis: a melhor conjugação de alimentos

  • Proteína com vegetais

Pode combinar carne ou peixe com legumes cozidos ou crus. Os legumes sendo ricos em água vão compensar a densidade da proteína.

  • Hidratos de carbono com vegetais

Uma combinação perfeita é o caso do arroz e do feijão que têm uma sinergia perfeita, melhorando a assimilação.

  • Gorduras com vegetais

A combinação dos vegetais com gorduras é interessante já que os vegetais anulam o efeito inibidor da gordura sobre a digestão.

 

Com estas dicas simples vai ser mais fácil saber combinar os alimentos. Apenas precisa de força de vontade e determinação para ter uma alimentação e uma vida mais saudável. Acima de tudo, aprenda a ouvir o seu corpo. Este é de todos o truque mais valioso que podemos deixar. O seu corpo dirá o que lhe faz bem ou mal, o que digere bem ou pior, o que lhe dá energia ou o que a suga.

 

Anabela Trindade

Consultora IHTP Academia de Saúde e Bem Estar

 


Subscreva o nosso blog!

 


5 responses to “Alimentos: combinações saudáveis versus combinações erradas!”

  1. Adorei o artigo!
    Aprendi muito!

    Muito obrigado pela partilha

  2. Maria José diz:

    Muito bom este texto . Grande verdade que as pessoas desconhecem estes conceitos.
    Deveriam ser mais divulgados. E claro está as pessoas deveriam também interessar-se mais pela sua alimentação, pois a sua saúde depende dela. Infelizmente isso raramente acontece.
    Muito obrigada pelo excelente texto. Amei.
    Maria José Almeida

  3. Carina Pereira diz:

    Gostei muito deste texto. Aprendi bastante, nunca tinha ouvido falar de combinações certas ou erradas de alimentos. Muito interesse!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.